• Reviravolta no caso do menino de 9 anos assassinado - ouça entrevista

  • Em cinco anos, HAC fez mais de 39 mil atendimentos a Lins e região

  • Creche escola do Jardim Primavera

  • Vitória recoloca o CAL na briga pela vaga

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 1 Reviravolta no caso do menino de 9 anos assassinado - ouça entrevista
  • 2 Em cinco anos, HAC fez mais de 39 mil atendimentos a Lins e região
  • 3 Creche escola do Jardim Primavera
  • 4 Vitória recoloca o CAL na briga pela vaga
  • 5 Câmara rejeita vender ‘terreno do circo’
  • 6 Verba do Judiciário para a Gil Moura
  • 7 Sem arrependimento
  • 8 Inaugurada ontem, Quimio só começa a atender em agosto
  • 9 Linense terá duas ‘finais’ em dois dias
  • Reviravolta no caso do menino de 9 anos assassinado - ouça entrevista

    O delegado Seccional Wellinton Martinez Hernandes, na companhia do delegado Artur Manoel Nogueira Franco, concederam entrevista coletiva à Imprensa nesta tarde para divulgar novidades no caso do menino de 9 anos que foi assassinado por estrangulamento em uma casa no bairro São João, no sábado passado. Segundo eles, o irmão de 14 anos, que havia assumido o crime voltou atrás e contou que o primo, de 16, foi o autor e que acompanhou. Eles também falaram que não pretendiam matá-lo, mas dar um susto por ter visto eles furtarem objetos da mãe. Ouça entrevista. Matéria completa na edição Impressa de domingo. Foto: Emerson Secco.

    polícia civil CPJ 2014

    Leia Mais
  • Em cinco anos, HAC fez mais de 39 mil atendimentos a Lins e região

    O Debate conversou ontem com a secretária municipal de saúde, Cláudia Nunes, para saber porquê o Ambulatório de Quimioterapia do Hospital Amaral Carvalho (HAC) de Lins, inaugurado no último sábado, só começará a ministrar as sessões de quimioterapia em agosto. A explicação da secretária é que o tratamento quimioterápico segue diversos ciclos conforme o protocolo específico de cada paciente estabelecido pela equipe de especialistas do H. Amaral Carvalho (HAC). Segundo Cláudia, a inauguração e a assinatura do contrato eram necessárias para que o HAC pudesse dar início a transferência desses encaminhamentos protocolares dentro da estrutura do SUS de Jaú para Lins. Dados divulgados pelo HAC mostram que nos últimos cinco anos foram realizados 39.203 atendimentos a pacientes da região de Lins, gerando 98.292 procedimentos oncológicos, entre eles mais de 8.500 sessões de quimioterapia, além de consultas e outros procedimentos de intercorrência, que, agora, serão feitos na nova unidade. Matéria completa na edição impressa.Foto: Prédio de Lins, Emerson Secco.

    amaral carvalho em lins 1

    Leia Mais
  • Creche escola do Jardim Primavera

    Inaugurada no sábado, 25, com a presença do governador Geraldo Alckmin, a creche escola do Jardim Primavera recebeu investimento estadual de R$ 1,6 milhão para a construção e mais R$ 150 mil em móveis e equipamentos. A Prefeitura investiu mais R$ 50 mil no enxoval. As matrículas estarão abertas a partir de amanhã. As aulas começam no dia 18 de julho. A creche escola homenageia o professor, ex-vereador e presidente da Câmara Ismael Castro de Araújo (foto), que faleceu em abril de 2014. Ele também foi candidato a vice-prefeito na década de 1990. Foto: J. Serafim

    creche escola 2

    Leia Mais
  • Vitória recoloca o CAL na briga pela vaga

    Com um gol de Thiago Humberto aos 23 minutos do primeiro tempo, em cobrança de falta magistral, o Linense derrotou o São Paulo de Rio Grande (RS) anteontem no Gilbertão e chegou a seis pontos no Grupo 16 do Brasileiro D. Na outra partida, PSTC (PR) e Inter de Lages (SC) empataram por zero a zero. O técnico Moisés Egert mudou o time em quatro posições, além de promover o retorno de Rodrigo Lobão à zaga, e gostou do resultado. “A equipe encontrou o equilíbrio, competiu, saiu cansada, exausta. Aumentamos o nível de competitividade, colocamos uma equipe com mais força, que é o que exige a divisão”, afirmou.
    O Linense volta a jogar domingo, às 15 horas, em Rio Grande (RS), a 1600 km de Lins, diante do São Paulo. A delegação viaja na madrugada de sexta-feira para Londrina de ônibus, pega o avião para São Paulo, depois outro para Porto Alegre, de onde segue de ônibus até Rio Grande.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: J. Serafim

    Leia Mais
  • Câmara rejeita vender ‘terreno do circo’

    Na última sessão do primeiro semestre, a maioria dos vereadores deixou claro que rejeita a ideia de vender o “terreno do circo” e reverter o dinheiro para a construção da arquibancada de 2,5 mil lugares e o centro esportivo no Gilbertão, conforme proposta do prefeito Edgar de Souza em projeto de lei protocolado há dez dias. O assunto foi debatido durante a Tribuna Livre, da qual participou o torcedor Celso de Lima Kotaki, mas o projeto nem chegou a ser colocado em votação no plenário. O líder do governo, vereador Marcelo Moreira, disse que não havia chance de aprovação de um pedido de urgência especial. Durante os debates, o presidente da Casa, dr. Marino, manifestou estranheza diante da insistência do prefeito em tentar vender o “terreno do circo”. Outros vereadores afirmaram que, se o prefeito colocar à venda o “doado à Xodtec”, aprovariam imediatamente. Nos bastidores, correu a informação de que o presidente da Câmara, dr. Marino, estaria propenso a antecipar a devolução das sobras orçamentárias que a Câmara faz habitualmente no fim do ano, condicionando a aplicação do dinheiro na construção da arquibancada.

    Foto: Emerson Secco

    Leia Mais
  • Verba do Judiciário para a Gil Moura

    A Fundação Gil Pimentel Moura - Lar Antônio de Pádua, que completou 64 anos no último dia 17, recebeu uma verba do Poder Judiciário local. A juíza da 2ª Vara Criminal, Ana Lúcia Granziol, liberou recursos de transação penal (são condenações em dinheiro que a pessoa tem de pagar) para a modernização da cozinha. Segundo o presidente da Fundação, Gastão Moura Neto, foram autorizados dois projetos, cujos recursos somam R$ 36 mil.
    O presidente revelou, também, ter conseguido apoio de empresas para a construção de quatro salas de aula que serão entregues totalmente equipadas. Além disso, a Fundação obteve autorização do Condeca (Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente) para captar R$ 26 mil que serão investidos na troca do parquinho.

    Matéria completa na edição impressa.

    Leia Mais
  • Sem arrependimento

    O delegado seccional, Wellinton Martinez Hernandes, revelou ter ficado impressionado com a naturalidade com que o adolescente de 15 anos que confessou ter matado o irmão de nove anos contou o assassinato. “Ele não chorou e nem demonstrou arrependimento”, afirmou. Segundo Wellinton, o garoto contou que, “quando a Polícia chegou à casa da família, as vozes teriam dito que ele fez a coisa certa e, agora, deveria matar o primo e se matar”.
    O adolescente não frequentava a escola com regularidade e era filho de pai diferente do irmãozinho vítima. A Polícia constatou que a família vivia em situação de vulnerabilidade social. A mãe cuida dos três filhos – autor confesso do crime, a vítima e uma menininha – e também havia dado guarida ao primo, de 16 anos, mas o mandou embora depois que este furtou uma residência.

    Matéria completa na edição impressa.

    Leia Mais
  • Inaugurada ontem, Quimio só começa a atender em agosto

    O governador Geraldo Alckmin inaugurou em Lins ontem de manhã o Ambulatório de Quimioterapia do Hospital Amaral Carvalho, de Jaú, instalado em prédio alugado pela Prefeitura na esquina das ruas Luiz Gama com Dom Pedro II. A unidade é a terceira descentralizada pelo Amaral Carvalho (tem em Bauru e Lençóis Paulista) e homenageia o radialista Nivaldo Gregório (Greg). “É uma grande conquista para Lins e região. Os pacientes não precisarão mais ir a Jaú para realizar o tratamento quimioterápico. Agora, o Hospital Amaral Carvalho é que vem para Lins”, disse o governador.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: J. Serafim

    Leia Mais
  • Linense terá duas ‘finais’ em dois dias

    Estes são dias decisivos para o futuro do Clube Atlético Linense. No Brasileiro D, precisa derrotar o São Paulo (RS) hoje, às 16 horas, no Gilbertão, para continuar na briga por uma vaga na segunda fase.
    Entretanto, o jogo mais importante para seu futuro histórico está sendo disputado na Câmara e pode ter um desfecho amanhã. O projeto de lei do Executivo que pede autorização à Câmara para vender o terreno do circo, ao lado da rodoviária, pode ser votado desde que haja um pedido de urgência especial.
    A decisão que a Câmara tomar sobre este assunto definirá o futuro do Linense nos próximos anos. Sem a construção da arquibancada de 2,5 mil lugares (hoje o Gilbertão comporta 7,5 mil torcedores) o clube será impedido de mandar jogos no estádio e terá de indicar uma praça vizinha, São José do Rio Preto, Bauru ou Marília para disputar o Paulistão. O prejuízo técnico e financeiro (para o clube e também para a cidade) será enorme. Sem casa, o time terá de jogar em campo neutro, o que aumenta o risco de rebaixamento.

    Matéria completa na edição impressa.

    Foto: Washiongton Farias

    Leia Mais

Procure seu Artigo

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37