• Prefeitura não consegue reverter liminar na ação das casas

  • Migração para o FM

  • Cana só à vista, impõem fornecedores à Renuka

  • Prefeito Edgar será julgado hoje pelo TRE

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 1 Prefeitura não consegue reverter liminar na ação das casas
  • 2 Migração para o FM
  • 3 Cana só à vista, impõem fornecedores à Renuka
  • 4 Prefeito Edgar será julgado hoje pelo TRE
  • 5 Adolescentes assaltam supermercado no B. Viver
  • 6 Ação popular interrompe processo de construção de 200 casas da CDHU
  • 7 Sem freios
  • 8 Campanha do Agasalho
  • 9 Maio já é o segundo mês mais chuvoso do ano
  • Prefeitura não consegue reverter liminar na ação das casas

    A Prefeitura não obteve êxito na tentativa de reverter a decisão tomada em Lins que suspendeu a permuta de áreas para possibilitar a construção de 200 casas populares pela CDHU. O desembargador da 8ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça, Carlos Otávio Bandeira Lins, manteve a liminar concedida pelo juiz Antônio Fernando Bittencourt Leão, na ação popular impetrada pelo ex-procurador do município, Rodrigo Guimarães Nogueira.
    O terreno a ser permutado fica na rua Antônio Fernandes Ibanês, Jardim Morumbi, mede 6.189,20 metros quadrados (ao lado da USF do Jardim Morumbi). A outra área é de propriedade de Jorge Augusto Letaif Atalla, mede 54.032 metros quadrados no Jardim União. Nesta área do Jardim União seria construído o conjunto habitacional.

    Matéria completa na edição impressa.

    Na foto - Área no Jardim Morumbi, entre a unidade de Saúde e a escola, objeto da permuta (Créd. Emerson Secco)

    Leia Mais
  • Migração para o FM

    A Rádio Alvorada de Lins (AM-1080) está prestes a concluir o processo de migração para FM. Para tanto, deu início a instalação da nova torre, que terá 75 metros de altura e ficará nos fundos do prédio que abriga a rádio, na rua Olavo Bilac, 693, centro da cidade. Até ontem à tarde, a estrutura já tinha atingido 30 metros.

    Matéria completa na edição impressa.

    Na foto - Cilmar Machado e Malinho Silva modernizam a Emissora do Povo (Créd. Emerson Secco)

    Leia Mais
  • Cana só à vista, impõem fornecedores à Renuka

    A Renuka do Brasil obteve mais um voto de confiança de seus credores. Em assembleia realizada segunda-feira, dia 22, na capital paulista, foi aprovado um aditamento na RJ (Recuperação Judicial), que incluiu a venda da Usina Revati, em Brejo Alegre, o reparcelamento das dívidas e o pagamento antecipado pelo corte de cana nova
    O processo de Recuperação Judicial se arrasta desde outubro de 2015. No ano passado, os credores aprovaram um plano que previa a venda da Usina Madhu, em Promissão, mas não apareceu comprador.
    Na avaliação de Salvador Rossato, que acompanha as negociações desde o início “foi um bom acordo”, que protege todos os fornecedores estratégicos.

    Matéria completa na edição impressa.

    Na foto - Uma das várias assembleias de credores da Renuka na capital paulista (Créd. Divulgação)

    Leia Mais
  • Prefeito Edgar será julgado hoje pelo TRE

    O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) marcou para hoje o julgamento da ação movida pelo ex-vereador Sidnei Ferrazoni (PPS) contra o prefeito Edgar de Souza e sua coligação (Experiência para seguir mudando) por suposto abuso nos meios de comunicação devido a publicação reiterada de matérias no jornal A Tribuna, de Levino Washington da Silva. Em Lins, o Ministério Público posicionou-se pela improcedência da ação e o juiz acolheu o parecer, determinando o arquivamento. Ferrazoni recorreu ao TRE e o procurador eleitoral deu parecer pela procedência parcial da ação. A ação pede a cassação dos diplomas dos eleitos, e aplicação da inelegibilidade a Edgar de Souza e Levino da Silva. O advogado Ariovaldo Esteves Junior defenderá a condenação de Edgar e de sua coligação. Está prevista a argumentação oral dos advogados de acusação e de defesa.

    Doação de terrenos
    Outra ação de autoria do ex-vereador Ferrazoni, referente a denúncia de abuso de poder político e econômico consistentes na doação de imóveis no Teisuke Kumassaka pela Prefeitura, aguarda sentença em Lins.

    Leia Mais
  • Adolescentes assaltam supermercado no B. Viver

    Dois adolescentes, um de apenas 14 anos, assaltaram um supermercado no bairro Bom Viver e furtaram R$ 100,00. O roubo ocorreu durante a tarde de segunda-feira e a cena do crime, cuja vítima foi um comerciante de 55 anos, foi gravada pelo circuito de segurança do estabelecimento.

    Matéria completa na edição impressa.

    Leia Mais
  • Ação popular interrompe processo de construção de 200 casas da CDHU

    Uma ação popular movida pelo ex-procurador da Prefeitura, Rodrigo Guimarães Nogueira, com pedido de liminar, suspendeu o processo administrativo entre a Prefeitura e a CDHU, no que diz respeito à cessão de uma área para a construção de 200 unidades habitacionais.

    As casas estavam previstas para serem construídas no Jardim União. A Prefeitura, em processo autorizado pela Câmara, deu uma área municipal no Jardim Morumbi em troca de outra no Jardim União. A diferença de valor foi compensada pela dimensão dos terrenos. A liminar foi concedida na véspera da assinatura da escritura.

    Na ação, o ex-procurador alega que o projeto de lei não especifica que a área vai ser usada pela CDHU. A Prefeitura, por sua vez, afirma que as informações estão na justificativa do projeto enviado à Câmara, na qual explica que a área vai ser permutada para possibilitar a construção das 200 casas. Outro questionamento é que não há documento nenhum provando que a CDHU vistoriou a área e tem interesse em construir 200 casas em Lins. A administração sustenta que os técnicos vieram e emitiram um laudo de que a área era viável para a construção das casas. O procurado aponta, ainda, que a área do Jardim Morumbi é institucional e não poderia ter sido desafetada. A Prefeitura rebate que houve uma troca com outra área livre, o mesmo bairro, para poder fazer a negociação.

    O município entrou com um agravo no Tribunal de Justiça para tentar derrubar a liminar e aguarda a posição do Judiciário.

    Há informações de que a família proprietária da área do Jardim União iria solicitar uma audiência de conciliação.

    Leia Mais
  • Sem freios

    Um Voyage caiu no córrego Campestre sábado, dia 20, por volta das 20 horas. O veículo estava estacionado na rua Paulo Giraldi e desceu em marcha à ré. O motorista contou à Polícia que puxou o freio de mão ao descer do carro, só que por alguma razão o dispositivo apresentou falha e o veículo se movimentou. A cena atraiu a curiosidade de muitas pessoas. Um caminhão guincho retirou o carro da calha do córrego que, naquele momento, estava raso.

    Na foto - Susto: carro sem freios cai no córrego Campestre (Cred. J. Serafim)

    Leia Mais
  • Campanha do Agasalho

    Realizado na noite de quinta-feira, o Show de Prêmios em prol da Campanha do Agasalho 2017 atraiu cerca de mil pessoas à Abcel, segundo os organizadores. O evento é promovido pelo Fundo Social de Solidariedade, com o apoio da Sabesp e colaboradores. Os organizadores ainda não divulgaram o montante arrecadado, mas o valor será usado na aquisição de agasalhos para famílias cadastradas no Fundo Social.

    Leia Mais
  • Maio já é o segundo mês mais chuvoso do ano

    Até domingo, dia 21, já havia chovido 171,5 milímetros (litros por metro quadrado), segundo dados da Defesa Civil de Lins. Isso torna maio de 2017 o maio mais chuvoso desde 2013 e o segundo mês mais chuvoso do ano.

    Apesar da chuvarada do fim de semana, os danos foram de pequena monta, segundo relatório da Defesa Civil. Houve queda de muro e de árvores, sem vítimas.

    Matéria completa na edição impressa.

    Leia Mais

Procure seu Artigo

ELEIÇÕES 2016

vereadores 2016

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
  • 44
  • 45