publicidade

Cilmar Machado

VIDA DE PREFEITO

Redação no dia 15 de janeiro de 2019 às 08:59
DIVULGAÇÃO

Vida de Prefeito não é nada fácil. Trabalha sempre na expectativa de que tudo dê certo! Contando com um orçamento apertado, quase não lhe sobram verbas para atender à demanda das obras exigidas pela população. Neste particular, a dependência dos municípios junto aos governos federal e estadual é notória. E mesmo quando verbas são prometidas e até que designadas por eles corre-se o risco de um eventual cancelamento. Foi o que aconteceu na semana passada, quando Edgar foi às pressas á capital paulista assustado com a possibilidade de Dória anular uma verba de 600 mil reais doada pelo seu antecessor (Márcio França) a fim de que seja construída a primeira de uma série de seis lagoas de contenção no córrego Barbosinha. O prefeito voltou aliviado ao ser informado de que Lins não sofreria cortes nas verbas que anteriormente lhe foram destinadas pelo governo estadual. Menos mal, mas a possibilidade de perda delas chegou a preocupar e muito. Mais uma vez o município à mercê do dirigente estadual!

            Essa dependência, no entanto, também se manifesta junto ao governo federal. Haja vista a morosidade na construção da arquibancada de concreto no Gilbertão. Após a verba ser designada, a Caixa Federal demorou mais de ano para aprovar os estudos técnicos exigidos junto à Prefeitura. Aí veio a liberação do dinheiro: mais de dois milhões de reais. Pensou-se: agora vai! Que nada! Licitação feita passou-se a exigir da firma ganhadora detalhado plano de execução da obra, E a coisa está nesse pé! Sabe-se lá quando finalmente o sinal verde nos será dado...

            São essas pequenas mumunhas que atravancam as realizações pretendidas pelo Prefeito e pela cidade. Sempre foi assim, sempre se trabalhou sob rédeas curtas. Embora isso permita uma melhor fiscalização junto aos prefeitos no que se refere ao destino das verbas por eles obtidas, o excesso de zelo e burocracia mata sonhos e desanima a população. Em tempos de novos governos nas esferas superiores está por se exigir maior confiança nos chefes do Executivo que, se cometerem irregularidades e mesmo improbidades administrativas, estarão respondendo por elas junto ao Tribunal de Contas. Novo governo, novos tempos!...

Notícias: Cilmar Machado
Cilmar Machado no dia 13 de agosto de 2019 às 09:47
Cilmar Machado no dia 06 de agosto de 2019 às 11:18
Cilmar Machado no dia 30 de julho de 2019 às 09:39
Cilmar Machado no dia 23 de julho de 2019 às 00:00
Cilmar Machado no dia 16 de julho de 2019 às 16:29
Cilmar Machado no dia 02 de julho de 2019 às 09:45
© Copyright 2019 - Jornal Debate