publicidade

Geral

Bispo diocesano fala sobre Campanha da Fraternidade na Tribuna da Câmara

no dia 14 de maro de 2019 às 09:19
- Bispo Dom Francisco Carlos (Foto: Ricardo Rodrigues/Assessoria Câmara)

Com a presença do bispo diocesano, dom Francisco Carlos, que falou na Tribuna Livre sobre a Campanha da Fraternidade deste ano, cujo tema é ‘Fraternidade e Políticas Públicas’, a Câmara realizou na última segunda-feira a 6ª sessão ordinária do ano.

Os vereadores aprovaram o projeto de lei complementa do Executivo (PLC) que acrescenta parágrafo único ao artigo 1º da lei complementar 1.623, de 13/12/18, que cria cargos de agente de inspeção sanitária na tabela de cargos efetivos (anexo I), da lei complementar 1.592, de 29/03/18.

Dois projeto com denominação de próprios públicos também foram aprovados. O projeto de lei (PL) 176/18, do vereador dr. Leão, que denomina Junichi Tokumoto a rua 02 do loteamento Residencial Himalaia; e o PL 08/19, do vereador Subtenente Elói, que denomina Praça 1º Sargento PM João Erasmo Perin o sistema de lazer 01 do loteamento Residencial Jardim Dona Eugênia.

Dois projetos entraram em tramitação, foram lidos e tiveram aprovados os pedidos de tramitação em regime de urgência simples (entram na ordem do dia da próxima sessão). O projeto de emenda à Lei Orgânica (PELO) 01/19, do Executivo, que acrescenta dispositivo na Lei Orgânica do Município, vedando a nomeação ou designação daqueles condenados por crimes de violência doméstica, previstos na Lei Maria da Penha; e o PL 14/19, do vereador Macalé, que denomina Professora Rejane de Paiva Casadei o Centro de Referência e Atendimento à Mulher (CRAM).

 

© Copyright 2019 - Jornal Debate