publicidade

Polícia

Dívida motivou assassinato de empresário, diz delegado

no dia 24 de abril de 2019 às 15:07
Atualizada em 24 de abril de 2019 às 17:46
- Policiais olham o corpo no interior do veículo (foto: J. Serafim)

O delegado João Luís Lopes Pandolfi  informou que o assassinato de Marcos Alves Angotti Júnior (empresário que atuava no ramo de terraplanagem), de 33 anos, foi motivado por uma dívida, porém, não revelou ainda os detalhes.

Segundo o delegado, três homens participaram do crime e já estão presos: Paulo César Nonato, de 22 anos, e João Antônio Martins Júnior. Ambos moradores em Lins. O terceiro participante já foi identificado, mas ainda está foragido.

João Pandolfi disse Marcos Angotti devia para uma pessoa que mora em São Paulo e que Paulo César e João Antônio eram o elo entre eles.

Como foi o crime

Um B.O. de desaparecimento iniciou a investigação hoje de manhã. Logo depois, uma Tucson foi localizada em Guaiçara, queimada, e com o corpo da vítima no interior.

João Pandolfi disse que o assassinato ocorreu ontem, por volta das 20 horas, na casa de Marcos, no centro da cidade. Os autores foram embora e deixaram o corpo, mas retornaram por volta da 1 hora de hoje, para ocultar o corpo.

Hoje de manhã, conhecidos não encontram Marcos em casa e nem conseguiram fazer contato por telefone, o que motivou o registro policial.

 

 

© Copyright 2021 - Jornal Debate