publicidade

Polícia

Servente é preso após ameaçar de morte a ex-mulher

no dia 22 de junho de 2019 às 09:49
- Prisão foi confirmada pelo Judiciário (foto: Emerson Secco)

O delegado Fernando Augusto de Lima Coqueiro autuou em flagrante por descumprimento de medida protetiva de urgência/violência doméstica um servente de 47 anos, que fez ameaças de morte à ex-mulher na noite de quinta-feira, 20. Ele foi detido pela Polícia Militar a 50 metros da residência da vítima, quando tentava fugir. A mulher ligou para o 190, alegando ter sofrido ameaças de morte.

Ela contou ao delegado que viveu com o ex-companheiro por 22 anos, mas estão separados desde 2016.

A prisão em flagrante foi convertida em preventiva na audiência de custódia.

Mais casos de violência doméstica

No plantão da Central da Polícia Judiciária (CPJ), que se estendeu de quinta-feira à noite até a manhã de sexta-feira, houve o registro de três ocorrências de lesão corporal/violência doméstica.

Em um dos crimes, uma mulher de 25 anos disse que, por motivos de ciúmes, o companheiro, que já vinha bebendo durante todo o dia, passou a discutir com ela e, exaltado e nervoso, agrediu-a com unhadas, causando lesões em seu peito e nas costas. Não bastasse isso, ainda desferiu um soco que atingiu a sua boca.

 

© Copyright 2019 - Jornal Debate