publicidade

Geral

Com Floriano, DEM se mantém no poder em Guaiçara (ouça entrevistas)

no dia 22 de agosto de 2019 às 09:15
Atualizada em 22 de agosto de 2019 às 09:34
- Vadinho, Bruno e Toto (foto: Emerson Secco)

No ato de posse do novo prefeito de Guaiçara, ocorrido terça-feira, o prefeito afastado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Osvaldo Afonso Costa (Vadinho), informou que ainda vai tentar uma cartada final: levará o caso para análise do Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Vadinho foi cassado por causa de um convênio firmado para contratar profissionais na área da saúde, em 2005. Segundo ele, não houve ação civil pública e o processo foi arquivado pelo Ministério Público. “Nós só temos essa questão eleitoral, que culminou nessa lamentável decisão do ministro Fachin”, lamentou.

Com Vadinho fora do cargo, o presidente da Câmara, Bruno Floriano, assumiu a Prefeitura até que sejam realizadas novas eleições. Ailton Vaz (Toto), que era o vice da Câmara, assumiu a presidência do Legislativo e a vereadora suplente, Olívia Dias de Oliveira (Livinha), passa a ocupar a vaga de Bruno Floriano, na Câmara. Todos são filiados ao DEM.

Na coletiva que concedeu à imprensa, Bruno informou que ainda não foi informado a respeito da data das novas eleições no município.

 

 

© Copyright 2019 - Jornal Debate