publicidade

Cilmar Machado

LULUZINHA ...

Cilmar Machado no dia 27 de agosto de 2019 às 09:04
DIVULGAÇÃO

Dias passados, a Câmara Municipal de Lins homenageou um dos mais diletos linenses, o Leivinha. Merecida homenagem, mas não só de futebolistas famosos nossa cidade é rica. Também há nomes de realce na beleza feminina e podemos nos orgulhar de termos tido uma Mis São Paulo entre nós.

            Era o ano de 1968. Lins era mais uma pacata cidade do interior paulista. Não havia televisão, muito menos internet. No ano anterior, a cidade foi sacudida pelo aparecimento dos discos-voadores, o que mobilizou toda a imprensa nacional, inclusive a então iniciante revista Veja que tratou do assunto de maneira jocosa, atribuindo as aparições dos OVNIS à campanha política de um dos candidatos à Prefeitura, Alcides Cantizani. Ganhou Chiquinho Junqueira que, como prefeito, teve a satisfação de, logo no primeiro ano de seu mandato, levar Lins ao topo da beleza feminina nacional, vendo Maria Lúcia Alexandrino dos Santos, a Luluzinha, ganhar o título de Miss São Paulo e ficar em segundo lugar no Miss Brasil, perdendo tão somente para outra beldade emergente, a não menos famosa Vera Fisher.

            Luluzinha estudava no Colégio Auxiliadora. Morena trigueira, carismática, charmosa ao extremo, bela e educada, levou o título numa noite memorável na capital paulista. Trabalhando na então Rádio Piratininga, hoje Rádio Alvorada, não tive dúvidas. Combinei com ela pelo telefone e parti de ônibus para São Paulo, levando o pesado gravador Akai 900, da rádio, para colher dela entrevista em primeira mão.

            Chegando à noite em Sampa, fui direto à então Boate Ton Ton, point da fina flor paulistana. Nela desfilavam ricos empresários, modelos e starletes buscando um lugar ao sol. Também costureiros famosos à época por lá transitavam conquistando novas clientes. Naquela noite, estavam presentes Denner e Clodovil. Foi este quem concedeu a mais deliciosa e divertida entrevista. Na ocasião, agradecida, Luluzinha também deu seu alô emocionado aos linenses.

            Dias após concorrer ao Mis Brasil, Maria Lúcia retornou à Cidade das Escolas. Foi uma recepção digna de rainha. A cidade toda tomava as ruas centrais notadamente nas proximidades do palanque da Praça Coronel Piza, onde o prefeito e demais autoridades a aguardavam. Banda municipal, fogos, aplausos, muita alegria e calor humano.

            Nos anos subsequentes ainda tivemos importantes classificações no Miss São Paulo. O saudoso José Rubens Cardoso (Mané Garrafa) e nós, em muito lutamos para revelar novas beldades da cidade e região. Os anos se passaram, as décadas se sucederam, veio a televisão e o concurso foi arrefecendo. Hoje em dia, nossas belas jovens dão muito mais valor em serem artistas de novelas na TV, que misses. Sinal dos tempos ...

 

cilmarmachado@yahoo.com.br

Notícias: Cilmar Machado
Cilmar Machado no dia 12 de novembro de 2019 às 08:56
Cilmar Machado no dia 05 de novembro de 2019 às 10:00
Cilmar Machado no dia 29 de outubro de 2019 às 08:51
Cilmar Machado no dia 22 de outubro de 2019 às 08:45
Cilmar Machado no dia 08 de outubro de 2019 às 11:35
Cilmar Machado no dia 01 de outubro de 2019 às 09:11
© Copyright 2019 - Jornal Debate