publicidade

Cilmar Machado

A FORD DIZ ADEUS A LINS ...

Cilmar Machado no dia 08 de outubro de 2019 às 11:35
DIVULGAÇÃO

Ventos sombrios sopraram nossa cidade no último final de semana. No sábado, nosso amigo e contemporâneo Gentil Marques confirmava frente aos microfones da Rádio Alvorada a notícia que todos desconfiavam e temiam: a Zevel, agência Ford em Lins, fechou suas portas. Venda, revenda e oficina não estavam mais operantes. A notícia pegou a todos de surpresa, especialmente aos funcionários da Zevel, muitos dos quais até então não sabiam do término de seu ganha-pão e, desorientados, aguardavam pelo desfecho de tão triste fato.

Começaram as especulações: quais seriam as causas do fechamento da agência em Lins? Seria por que os veículos da marca Ford já não mais atraiam a preferência popular?  Descaso da montadora para com a revenda? Má administração? Corte de gastos e consequente diminuição de revendas no interior?

Dentre as inúmeras conjecturas não faltaram aquelas em que se culpam prefeito e vereadores, responsabilizando-os pelo acontecido. Mas, será? A Zevel é uma firma comercial, portanto responsável pelos seus atos. O poder público não tem direito nem alcance para interferir em sua administração. Trata-se de uma empresa de iniciativa privada. Prefeito e vereadores fizeram sua parte acolhendo os dirigentes da agência Ford quando manifestaram o desejo de aqui se estabelecerem. Foi o que de fato ocorreu, inclusive com substancial investimento na construção de bela e espaçosa agência, no residencial Fortaleza. Cabe à empresa uma satisfação ao público e às autoridades sobre os reais motivos que a levaram ao fechamento de sua filial em Lins, o que aliás, já deve haver ocorrido. Ao prefeito e vereadores cabe tão somente lamentar o fato e acompanhar o perfeito cumprimento das obrigações trabalhistas, resguardando os direitos de seus funcionários.

É triste, é lamentável, é uma perda para a cidade, mas faz parte do jogo comercial tão sujeito à crise econômica que ainda predomina no país.

Uma informação final: comenta-se que as dependências da Zevel serão ocupadas pela Colivi, agência Chevrolet, que vê nelas muito mais espaço e conforto para dar sequência às suas atividades em nossa cidade. O fato ainda carece de confirmação. Menos mal, não é?

Notícias: Cilmar Machado
Cilmar Machado no dia 18 de fevereiro de 2020 às 09:06
Cilmar Machado no dia 11 de fevereiro de 2020 às 10:17
Cilmar Machado no dia 04 de fevereiro de 2020 às 09:16
Cilmar Machado no dia 28 de janeiro de 2020 às 09:07
Cilmar Machado no dia 21 de janeiro de 2020 às 08:39
Cilmar Machado no dia 14 de janeiro de 2020 às 08:30
© Copyright 2020 - Jornal Debate