publicidade

Cilmar Machado

FIGURINHA CARIMBADA ...

Cilmar Machado no dia 22 de outubro de 2019 às 08:45
DIVULGAÇÃO

Fico abismado com a capacidade do nosso cérebro em relembrar momentos por nós vividos há muito tempo, bastando para isso um simples e corriqueiro acontecimento. Foi o que me aconteceu quando acompanhava pela TV a canonização de Irmã Dulce, a santa brasileira. A figura solene e quase majestosa do Papa transportou-me aos meus dias de criança, no final da década de 50. Era o tempo em que toda criança fazia coleção de figurinhas. Mas o que tem Francisco com as figurinhas da minha infância? Naquela época, por iniciativa de um empresário linense, muito católico, houve o lançamento das figurinhas com todos os Papas da igreja Católica até o de então, Pio XII. Lembro-me de haver completado o álbum a duras penas. Vendia livros de receitas das Edições de Ouro de porta em porta e o pequeno lucro era revertido na compra das balas que traziam as figurinhas dos pontífices. Havia também as Balas Futebol, com todos os times paulistas da Primeira Divisão. O Clube Atlético Linense estava entre eles. Figurinhas de Alfredinho, Américo, Washington, Frangão e tantos outros mais eram trocadas entre a criançada sedenta por completar o álbum. Um figurinha carimbada era o máximo. Adultos e crianças as exibiam com orgulho.

         Passou-se o tempo e a mania de se fazer coleções foi aos poucos sendo substituída pelos fascículos que eram encartados em jornais e revistas, buscando uma maior venda. Tratavam dos mais diferentes temas: plantas de nossa flora, os grandes pensadores gregos, os governantes que mudaram a história de seus países e do mundo e por aí vai. Também essa forma de coleção virou demodê, especialmente após o advento da internet e o surgimento do Google, onde pode-se ter toda e qualquer informação ilustrada e até sonora.

 E hoje, infelizmente, a nova geração não tem mais aquele gostinho gostoso de abrir a embalagem com uma bala açucarada e junto a ela encontrar uma figurinha carimbada ou não. Foi-se todo o glamour.  Vive-se o presente onde a praticidade e rapidez da informação são o que interessa. Chegamos a uma geração que desaprendeu a sonhar...

 

cilmarmachado@yahoo.com.br

Notícias: Cilmar Machado
Cilmar Machado no dia 12 de novembro de 2019 às 08:56
Cilmar Machado no dia 05 de novembro de 2019 às 10:00
Cilmar Machado no dia 29 de outubro de 2019 às 08:51
Cilmar Machado no dia 08 de outubro de 2019 às 11:35
Cilmar Machado no dia 01 de outubro de 2019 às 09:11
Cilmar Machado no dia 24 de setembro de 2019 às 09:20
© Copyright 2019 - Jornal Debate