publicidade

Polícia

Morre motorista de carro que caiu em represa em Cafelândia

no dia 26 de novembro de 2019 às 16:50
Atualizada em 26 de novembro de 2019 às 16:58
- Foto: Diego GeorgeTV Web Divulgação

O funcionário público de Cafelândia, Luciano Ricardo Torres Rubi, de 52 anos, morreu hoje de manhã, após permanecer dois dias internado na UTI do Hospital São Francisco, em Lins, em razão de acidente automobilístico sofrido na tarde de domingo, quando o veículo que condizia caiu em uma represa.

Luciano conduzia um Renalt Clio, com placas de Cafelândia, com três passageiros e caiu em uma lagoa em uma estrada vicinal a 500 metros da rodovia Marechal Rondon, no quilômetro 423.

Por motivos ainda a serem esclarecidos, o motorista Luciano Ricardo avançou sobre a represa e o carro caiu com as rodas voltadas para cima, ficando metade submerso.

Segundo o boletim de ocorrência (B.O.), os passageiros conseguiram sair do veículo por meio próprios, enquanto o motorista, Luciano, precisou de auxílio de populares e de um dos passageiros, ficando certo tempo (não precisado exatamente) submerso.

Ainda segundo o B.O., todos foram levados por populares até o pronto-socorro da Santa Casa de Cafelândia, aparentemente com ferimentos leves, com exceção de Luciano, que apresentava situação mais delicada, e foi transferido para hospital em Lins.

Estavam como passageiros no veículo Romeu Ferreira da Silva, de 36 anos; Maraísa Cristina Rufino, de 35, e R.W.R.F.S., de 8 anos. O motorista e todos os passageiros moram em Cafelândia.

O corpo de Luciano Ricardo está sendo velado no velório Santa Terezinha. O sepultamento será amanha às 10h, no cemitério de Cafelândia.

 

 

© Copyright 2020 - Jornal Debate