publicidade

Esportes

Arquibancada do Gilbertão continua uma incógnita

no dia 06 de janeiro de 2020 às 20:58
Atualizada em 06 de janeiro de 2020 às 21:03
- Área onde será construída a arquibancada (foto: Emerson Secco)

Embora tenha sido emitida há nove meses, em março de 2019, com autorização da superintendência regional da Caixa Econômica Federal, de Bauru, a ordem de serviço para a Construtora Ohana, de São Paulo, iniciar a construção da arquibancada do Gilbertão ainda não começou a ser cumprida. A empresa venceu a licitação por R$ 2.216.119,90.

O secretário municipal de Esportes e Lazer da Prefeitura, Luiz Henrique Ramos da Silva, que também é vice-presidente do Linense, disse que tudo que cabia à Prefeitura foi realizado: processo licitatório, contratação da empresa e emissão da ordem de serviço.

O delegado Fernando Beato, que conseguiu o apoio do deputado Guilherme Mussi (PP) que culminou na aprovação da verba, afirmou que mantém esperanças de que o dinheiro será liberado.  

© Copyright 2020 - Jornal Debate