publicidade

Geral

Em noite de autógrafos, Leivinha emociona torcedores

no dia 07 de fevereiro de 2020 às 23:45
Atualizada em 07 de fevereiro de 2020 às 23:53
- Noite de autógrafos (foto: Emerson Secco)

Embora tenha encerrado a carreira há 40 anos, João Leiva Campos Filho (Leivinha) continua fazendo parte do panteão de craques dos quais a torcida não se esquece. Quinta-feira à noite, ele teve uma noite de autógrafos no Choppão Cristal, para o lançamento em Lins do livro Leivinha – o camisa 8 de ouro. Dezenas de torcedores compareceram e puderam ver o craque de perto. Um deles, esperava por este momento há quase cinco décadas. “Há 47 anos que eu tinha vontade de conhecer o Leivinha e hoje, graças a Deus, esse sonho foi realizado. A gente fica satisfeito porque além de ter sido um grande jogador, ele começou no Linense, depois fez história na Portuguesa, Palmeiras, Atlético de Madrid e na Seleção Brasileira. É um vencedor do futebol e, para mim, o melhor cabeceador do futebol mundial”, disse Calú, após abraçar o ídolo e colher autógrafos em três livros: o seu e os dos amigos Mussula e Sérgio Milhorin. Calú também registrou o momento com autógrafos na camisa do Palmeiras e do Linense.

 

© Copyright 2020 - Jornal Debate