publicidade

Geral

Ladrões usam motocicletas para roubar pedestres

no dia 12 de fevereiro de 2020 às 21:36
- Viaturas da PM (foto: J. Serafim/Arquivo)

Uma dupla de ladrões que trafega em uma motocicleta está roubando pessoas nas ruas da cidade. Não se pode desconsiderar que haja outras duplas, mas, entre os dias 8 e 11, foram registradas três ocorrências com o mesmo ‘modus operandi’.

Uma mulher, de 46 anos, teve a bolsa subtraída por um rapaz que desceu da garupa de uma motocicleta na rua Constituição, sábado à tarde. O assaltante usava capacete e ao se aproximar empurrou a vítima, que caiu. Na bolsa, a mulher levava R$ 1,2 mil, aparelho celular e documentos.

Outra mulher foi vítima de um roubo tentado na rua Santa Maria, por volta das 18 horas de terça-feira, dia 11. A vítima saiu do local de trabalho e ficou conversando um pouco com a patroa na esquina, pois mora a duas quadras de distância. Enquanto proseavam, elas perceberam que uma motocicleta com dois rapazes passou várias vezes pela rua. A mulher foi embora, mas ao chegar à esquina de casa, o motociclista parou e o rapaz que estava na garupa veio em sua direção dizendo: “Me dá o celular, eu quero falar com você”. Em tom ameaçador, segundo a vítima, ele repetiu a frase várias vezes. A mulher contou que se afastou do ladrão indo para o meio da rua, em seguida bateu numa casa pedindo ajuda.

As pessoas da casa saíram gritando ‘pega ladrão’. Diante dessa reação, o ladrão desistiu, correu até a moto e fugiu com o comparsa, que o esperava na esquina. O pessoal da casa seguiu a motocicleta e viu que o condutor entrou no condomínio Franco Montoro (Predinhos), no Jardim Primavera. Na bolsa, que o ladrão não conseguiu subtrair, a mulher guardava o aparelho celular avaliado em R$ 1,3 mil.

O terceiro caso tem como vítima uma criança de dez anos que brincava em frente de casa na noite de terça-feira. A Polícia não informou detalhes desse roubo, que também teria sido praticado por uma dupla que estava com uma motocicleta.

 

 

© Copyright 2020 - Jornal Debate