publicidade

Geral

Organizadores estimam público superior a 20 mil pessoas no carnaval do Centenário

no dia 26 de fevereiro de 2020 às 20:42
Atualizada em 27 de fevereiro de 2020 às 06:13
- Ribeiro na avenida (foto: Landerson Neves)

Um público superior a 20 mil pessoas passou pelas catracas da avenida do samba e do recinto de shows durante o Carnaval do Centenário. As três escolas de samba mais tradicionais do município e que conseguiram se organizar para desfilar este ano – Mocidade Independente do Ribeiro, Vermelho e Branco do Rebouças e Império do Parque – contaram um pouco da história de Lins na passarela do samba, há alguns anos montada na avenida José da Conceição. O empresário Luiz Antônio Garavelo e o escritor Mário Prata foram homenageados pelas escolas Império do Parque e Rebouças. A Mocidade do Ribeiro optou por tratar da história de Lins, dos índios e da discriminação racial.

Os presidentes de escolas disseram que os R$ 15 mil repassados pela comissão organizadora serão insuficientes para cobrir os custos, que eles estimam em cerca de R$ 25 mil.

© Copyright 2020 - Jornal Debate