publicidade

Polícia

Em operação, Polícia Civil prende suspeito de cometer importunações sexuais e cinco estelionatários

no dia 26 de junho de 2020 às 21:00
- Motocicleta que era utilizada pelo investigado (foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Lins realizou hoje uma operação para cumprir o mandado de prisão de um homem de 36 anos, investigado por diversos crimes de importunação sexual (art. 215-A do Código Penal) na cidade.

O homem agia com uma motocicleta branca e preta, perseguindo as vítimas na via pública, e fugia após cometer os atos libidinosos. 

A Polícia Civil identificou três vítimas, que relataram ter sofrido ataques. A partir de então, a equipe de investigadores deu início às diligências para localizar a motocicleta, pois uma das vítimas conseguiu memorizar a placa.

Após a coleta de diversos elementos de prova, a autoridade policial titular da DIG de Lins requereu a prisão preventiva do autor, que foi deferida pela Justiça.

Os policiais apreenderam a camiseta, o capacete e a motocicleta utilizada pelo suspeito. O veículo pertencia a um parente próximo do investigado, que não teve envolvimento nos crimes por ele perpetrado.

Ao ser preso, o homem estava em um condomínio residencial no bairro Primavera.

Estelionato

A operação foi desencadeada para efetuar, também, a prisão de um casal suspeito de praticar crimes de estelionatos em lojas de locação de ferramentas.

A DIG de Lins identificou os golpistas que alugavam as ferramentas e posteriormente as vendiam para terceiros, em vez de devolvê-las, causando prejuízos aos estabelecimentos comerciais. A operação resultou em cinco criminosos presos.

© Copyright 2020 - Jornal Debate