publicidade

Polícia

Polícia Civil apreende munições e salva cão que sofria maus-tratos

no dia 20 de julho de 2020 às 16:09
- Investigadores levam cão a uma clínica (foto: Divulgação)

Na manhã de quinta-feira, dia 16, policiais civis cumpriram mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Lins, visando localizar produtos e armas relacionadas a um roubo e apreenderam 11 munições intactas e 4 deflagradas, todas calibre 22, na casa de L. D. M., de 22, na rua Rockfeller. 

Toda a munição encontrava-se no quarto do estudante. No quintal, os policiais encontraram um cão, da raça Pit Bull, amarrado, em situação de enforcamento, sem água, sem comida e com as orelhas mutiladas. O animal estava extremamente magro, em estado deplorável, segundo os policiais.

O delegado Wanderlei Elenilton Gonçalves Santos lavrou o auto de prisão em flagrante por posse de arma de fogo e praticar ato de abandono a animais e arbitrou fiança no valor de R$ 1.045,00, que foi paga, o que resultou na liberação do estudante.

© Copyright 2020 - Jornal Debate