publicidade

Geral

Prefeitura faz licitação para a compra de 20 mil testes rápidos da Covid-19

no dia 31 de julho de 2020 às 21:27
- Faixa etária dos casos em Lins (Codec)

Pregão presencial realizado hoje pela Prefeitura para ata de registro de preços visando a aquisição de testes rápidos para a Covid-19 atraiu o interesse de nove empresas.

Para a compra de 20 mil testes rápidos, a Prefeitura estimou gastar R$ 1.633.000,00. Segundo o secretário municipal dos negócios administrativos, Lucas Pavezzi, por causa da concorrência, o valor unitário cujo preço estava cotado na faixa de R$ 81,00, caiu para R$ 19,78, e o custo final ficou em R$ 395.600,00.

A empresa que ofereceu o segundo melhor preço, a R$ 26,00, entrou com recurso questionando a documentação da vencedora.

O recurso será julgado na semana que vem. O teste rápido é feito com a gota de sangue. “O município está cadastrando esse preço e vai adquirir conforme a demanda. Surgindo a necessidade, a gente vai solicitando a entrega”, explicou Pavezzi.

Ainda segundo o secretário, o modelo de licitação não obriga a Prefeitura a adquirir os 20 mil testes.  

O edital elaborado pela Prefeitura exige que o resultado do teste seja divulgado pela internet para que o paciente fique sabendo sem ter que sair de casa.

 

© Copyright 2020 - Jornal Debate