publicidade

Geral

Prefeitura anuncia que pagamento do salário-esposa está suspenso desde o mês passado

no dia 27 de outubro de 2020 às 08:51
- Central Administrativa de Lins (foto: Emerson Secco)

A instrução 004, de 16 de setembro de 2020, assinada pelo ex-prefeito interino Neto Danzi (esteve no cargo por 2 meses), suspendeu o pagamento do salário-esposa na Prefeitura de Lins. O benefício contemplava 730 servidores casados e custava, em média, R$ 8.150,00 por mês aos cofres públicos.

A informação foi passada ao Debate ontem pelo secretário dos Negócios Administrativos, Lucas Pavezzi. Na edição de sábado, o jornal publicou reportagem sobre o assunto e informou que a Prefeitura pagava o salário-esposa, enquanto a Câmara Municipal já havia parado há alguns meses.

O ex-prefeito Edgar de Souza, que deixou a Prefeitura em agosto, disse que o assunto vinha sendo tratado com o jurídico. O atual prefeito, Akio Matsuura, que assumiu no dia 10 deste mês, disse que iria se inteirar do assunto e ontem o seu secretário, Lucas, informou o jornal sobre a suspensão ocorrida no mês passado.

© Copyright 2020 - Jornal Debate