publicidade

Esportes

Linense abre negociação com Edison Só

no dia 26 de dezembro de 2020 às 09:31
- A-3 começa no dia 7 de março

O namoro entre Linense e o técnico Edison Só é antigo, mas desta vez pode, sim, dar em casamento. Essa é a expectativa do presidente Leandro Asato, que já se reuniu com o treinador há alguns dias e lhe apresentou um projeto, no qual ele está inserido.

Entretanto, a viabilização do projeto, que consiste na montagem de um time forte para disputar o acesso, depende do aumento das receitas do clube. Sem obter mais aporte financeiro, não faria sentido investir em um técnico com o perfil de Édson. Para se manter na divisão, Leadro entende que seria mais apropriado buscar soluções internas. Edisinho é linense, mora no bairro do Ribeiro, jogou pelo clube e começou a carreira de treinador dirigindo o CAL, em 1991.

O plano é dobrar as receitas, ou pelo menos se aproximar disso, o que significa acrescentar à cota da Federação Paulista, de R$ 310 mil, para a faixa de R$ 550 mil a R$ 600 mil. A cota representa a maior fonte de receita do Linense desde os tempos de Paulistão, quando no último ano chegou à faixa de R$ 4 milhões – na A-2 era de R$ 900 mil.

Na visão do presidente Leandro, a Série A-3 é a única cujo repasse da Federação é insuficiente para custear o campeonato. Este ano, o Linense ainda colheu frutos do Paulistão, e recebeu R$ 450 mil como parte da venda de Murilo Henrique, que estava no Botafogo de Ribeirão Preto. Em 2021, não se vislumbra nenhum negócio próximo a esse patamar.

O presidente do CAL mostrou-se animado com o interesse do prefeito eleito João Pandolfi em ajudar o clube. No início de janeiro, Leandro pretende promover uma reunião com ex-diretores, ex-presidentes, torcedores e autoridades para tentar articular um grupo de apoio e discutir o futuro do clube.

Em 2006, o CAL encontrava-se em situação caótica, a ponto de encerrar as atividades, mas surgiu o grupo de apoio e a partir de então foi conquistando acessos e chegou à Primeira Divisão, onde permaneceu por 8 anos. Nesse período também disputou duas edições do Brasileiro D, uma Copa do Brasil, foi vice-campeão e campeão da Copa Paulista. No mesmo período, Lins sediou várias edições da Copa São Paulo de Futebol Júnior também.

O Paulista A-3 começa no dia 7 de março. A diretoria já iniciou conversas com jogadores que defenderam o clube nesta temporada  e interessam para disputar a A-3 2021.

 

 

 

© Copyright 2021 - Jornal Debate