publicidade

Polícia

Mortes de bebês são investigadas pela Polícia Civil

no dia 12 de janeiro de 2021 às 09:08
- Central de Polícia Judiciária de Lins (foto: Emerson Secco)

Dois bebês morreram no sábado, dia 9, um em Lins e outro em Getulina, que a 25 quilômetros de Lins. Em ambos os casos, os bebês estavam com as mães e a Polícia Civil registrou os boletins de ocorrência com o título “morte suspeita” e vai apurar as circunstâncias dessas mortes.

O bebê de Lins, uma menina de 5 meses, foi levado pela mãe e uma vizinha à Santa Casa, mas já chegou sem vida.

A mãe, de 36 anos, moradora no bairro Santa Terezinha, disse às enfermeiras da Santa Casa que, por volta das 4 horas, deu “mamá” para a criança e voltou a dormir do lado dela, mas, algum tempo depois, percebeu que ela não se mexia.

A equipe plantonista, liderada pelo delegado Alexandre Protopsaltis, foi até à casa da mulher e não verificou nenhum sinal de violência.

Em Getulina, a vítima fatal foi um menino, de apenas 2 meses de vida, morador no Jardim Boa Vista. Os pais levaram o bebê até a Santa Casa local, mas ele já chegou morto.

A mãe, de 38 anos, contou aos policiais militares que estava dormindo com a criança, no mesmo colchão, quando percebeu que ela não se mexia e imediatamente a levaram para a Santa Casa.

Na ficha de atendimento médico, os policiais verificaram que foi registrada a existência de material sanguíneo nas narinas e que o bebê já apresentava rigidez cadavérica.

Nos dois casos, houve requisição por parte dos delegados para exame necroscópico do Instituto Médico Legal de Lins (IML) e de perícia no local.

 

© Copyright 2021 - Jornal Debate