publicidade

Polícia

Presos, suspeitos de executar copeiro com 9 tiros alegam que vinham sofrendo ameaças

Redação no dia 14 de janeiro de 2021 às 11:18
Atualizada em 14 de janeiro de 2021 às 12:09
Foto Polícia Civil (J Serafim)

A Polícia Civil prendeu no início da noite de quarta-feira, dia 13, dois jovens suspeitos de executar com nove tiros o copeiro Caio Cézar de Souza Ferreira, de 29 anos.

O delegado Wanderley Gonçalves Santos, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), chefiou as investigações e lavrou o flagrante. Estão presos: Giovanni Lopes Viana, 18 anos, e Marcos Vinícius Rodrigo Martins, 20 anos.

O corpo foi encontrado na manhã de terça-feira, ao lado do seu veículo Fiat Punto, cinza, com placas de Lins, em uma estrada de terra na margem da rodovia Transbrasiliana, km 178, em uma área próxima às torres de telecomunicações, vizinha ao trevo com a Rodovia Marechal Rondon.

A investigação verificou que Caio chegou ao local do crime por volta das 2 horas e às 6h30 a Polícia Rodoviária Federal recebeu a informação sobre o crime.

Crime desvendado

Ontem, a Polícia foi informada sobre a possibilidade de que estivesse em curso um plano para vingar a morte de Caio.  Populares relataram a presença de dois veículos circulando nas proximidades de onde moravam os supostos autores do crime. As buscas foram intensificadas e diversos veículos com placas de outras cidades abordados.

No início da tarde, dois suspeitos foram identificados no bairro Santa Terezinha. Também foi localizada a arma do crime.

Giovani e Marcos Vinícius confessaram a prática do crime ao delegado. Ambos alegaram que vinham sofrendo ameaças de Caio, e que, diante disso, arquitetaram o plano para matá-lo. Ainda não se sabe o motivo dessas ameaças. 

No interrogatório, Giovanni disse que preferiu matá-lo, pois, caso contrário, seria morto por ele. Disse também que ele e Marcos Vinícius atiraram na vítima – havia 9 ferimentos à bala.

Uma adolescente de 14 anos foi a isca para a emboscada. Ela confirmou à Polícia que marcou um encontro com Caio, a pedido dos rapazes, mas eles disseram que iriam apenas dar um susto em Caio. Quando chegaram ao local do crime, Caio foi rendido e ela saiu correndo.

© Copyright 2021 - Jornal Debate