publicidade

Geral

Mercado de trabalho linense repete fevereiro e abre 181 vagas

no dia 01 de maio de 2021 às 10:21
Atualizada em 01 de maio de 2021 às 10:41
- Segmento de serviços foi o que mais contratou.

Pelo terceiro mês seguido, o mercado de trabalho linense contratou mais do que demitiu, segundo dados do Novo Caged, órgão ligado ao Ministério da Economia. Em março, foram admitidos 821 trabalhadores com carteira assinada e desligados 640, totalizando um saldo positivo de 181 vagas abertas. O estoque de trabalhadores contratados da economia formal é de 25.693.

Apesar do bom desempenho geral, 3 dos 5 segmentos demitiram mais do que contrataram: comércio (109-150 e saldo negativo de 41); construção (22-53 e saldo de – 31); e agronegócio (11-21 e saldo de – 10).

O segmento de serviços contratou 316 trabalhadores e demitiu 251, fechando o período com saldo positivo de 65. Na indústria a relação foi de 363 contratações, 165 desligamentos e saldo de 198. A indústria lidera em número de trabalhadores, 9.902; seguida pelos serviços, 9.831; comércio, 4.929; agronegócio, 552; e construção, 479.

A última vez que Lins teve saldo negativo foi em dezembro, com 67 vagas fechadas. Em janeiro foram abertas 71 e em fevereiro, 181. No ano passado o melhor mês foi novembro, com 345 vagas e o pior, abril, quando foram fechados 182 postos de trabalho.

 

© Copyright 2021 - Jornal Debate