publicidade

Geral

‘O Linense passa por dificuldades financeiras e vai precisar da ajuda de todos nós’, diz Câmara

no dia 12 de outubro de 2021 às 09:39
Atualizada em 12 de outubro de 2021 às 09:42
- Rogério Câmara, ladeado por Hussein e Cléverson, fala durante a assembleia (foto: Emerson Secco)

Depois da assembleia de sexta-feira, que definiu as modificações estatutárias para impedir que o Clube Atlético Linense se inviabilizasse jurídica e financeiramente, o ex-presidente Rogério Câmara, que também integra o novo Comitê Provisório de Orientação, falou sobre os desafios que o grupo de apoio terá pela frente nos próximos meses. “Com a Comissão e o Comitê, a gente monta uma gestão diferenciada. O Linense hoje passa por dificuldades financeiras e vai precisar de todos nós. Era muito fácil a gente não fazer nada, ficar quieto, mas não, por amor ao clube, e por necessidade, estamos todos aqui para ajudar. O Linense tem uma dívida muito grande, impagável a curto prazo, mas vamos trabalhar e, com o apoio da torcida, dos empresários, prefeito e imprensa, tentar sanar o mais rápido possível”, comentou.

O total da dívida passa de um milhão, segundo Câmara, e a maior parte é com impostos. Hoje, o clube está sem CND (Certidão Negativa de Débitos) em razão de alguns protestos. Legalmente, o clube está sem diretoria desde 14 de agosto, quando terminou o mandato de Leandro Asato.

Matéria completa na edição impressa.

© Copyright 2021 - Jornal Debate