publicidade

Geral

Reunião na OAB define ações para combater pancadões

no dia 04 de dezembro de 2021 às 13:28
Atualizada em 04 de dezembro de 2021 às 13:42
- Reunião ontem na OAB (foto: Emerson Secco)

Em reunião realizada ontem à tarde na OAB, com a presença de autoridades municipais, foram discutidas medidas para combater o problema crônico dos pancadões, que ocorrem com frequência nos altos da Floriano Peixoto e causam perturbação do sossego.

Como medida de efeito imediato, a retomada das operações noturnas com aparato administrativo da Prefeitura (Setor de Posturas e Diretoria de Trânsito), Conselho Tutelar, Defesa Civil, Sincomércio, Poder Judiciário e Polícias Militar e Civil.

Em médio prazo, pretende-se promover alterações na legislação municipal que hoje, por exemplo, não permite aplicar multas por meio de imagens.

O secretário-geral da OAB, Hélio Ruiz, informou que levará o assunto ao Ministério Público e agendar uma reunião.

O delegado Wanderley Gonçalves Santos disse que, no que compete à Polícia Civil, foram instaurados inquéritos para apurar os crimes, entre os quais, disparos de arma de fogo que atingiram dois apartamentos de um prédio na rua São João.

O secretário de desenvolvimento da Prefeitura, Juliano Munhoz Beltani, ressaltou a importância da proposta do prefeito de criar a Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Social (projeto já está sob análise do Legislativo).

Durante a reunião foi debatida a falta de efetivo nos quadros de fiscais de posturas, de agentes de trânsito, ambos da Prefeitura, e também na Polícia Militar.

Também participaram do encontro a capitã da Polícia Militar, Mariana Catiguere, os vereadores Perin (policial civil) e Carolina Souto, Major Leme (Diretoria de Trânsito) e a presidente eleita da OAB, Adriana Ferrazoni.

Concentração: foram exibidas imagens da concentração de jovens na rua Manoel Pereira Calças, na entrada da cidade, e da sujeira que fica no local. Naquele ponto, a Diretoria de Trânsito colocou placas proibitivas de estacionamento, mas elas foram arrancadas.

 

© Copyright 2022 - Jornal Debate