publicidade

Geral

Censo 2022 espera visitar 89 milhões de endereços

REDAÇÃO no dia 02 de agosto de 2022 às 15:59
DIVULGAÇÃO

Com dois anos de atraso por causa da pandemia de Covid-19 (em 2020) e falta de recursos (em 2021), os mais de 183 mil recenseadores começaram ontem a colher informações para a 13ª edição do Censo 2022, informa a Agência Brasil.

A previsão é de realizar entrevistas em 89 milhões de endereços, nos 5.568 municípios brasileiros, além do Distrito Federal e do Distrito Estadual de Fernando de Noronha.

O orçamento do Censo 2022 é de R$ 2,3 bilhões, dos quais 80% destinam-se à contratação temporária de profissionais: 211 mil pessoas, sendo 183.021 recenseadores, 18.420 supervisores e 10 mil agentes censitários. De acordo

com o IBGE, os resultados do levantamento revelam as tendências e os parâmetros sobre nascimentos, mortes e migração, indispensáveis para a elaboração de projeções, estimativas populacionais e políticas públicas específicas.

© Copyright 2022 - Jornal Debate