SOBRE O JORNAL DEBATE

Conheça um pouco mais de nossa história... Jornal Debate é editado por Debate Empresa Jornalística Ltda., empresa criada em fevereiro de 1996. A primeira edição do jornal circulou no dia 3 de março do mesmo ano, com a proposta de se tornar um amplo fórum de discussão dos temas de Lins e região. Desde seu primeiro número, o Debate concentrou suas atenções nas questões locais, tanto assim que raramente publica notícias nacionais, exceto quando têm relação com o cotidiano de nossos leitores.

Quando começou a circular, o Debate se deparou com um mercado extremamente concorrido, pois havia outras três publicações regulares .Os diretores criadores do Debate, Moacyr Amaral (falecido em agosto de 2009) e Edson Carlos Secco, e o jornalista responsável, Emerson José Secco, eram profissionais originários do rádio. Os três atuavam na Lins Rádio Clube quando foi decidida a criação do jornal. Moacyr Amaral nasceu em Lins e desde a juventude militou no rádio local, tendo estreado na Lins Rádio Clube na década de 1960, quando a emissora pertencia à rede de Emissoras Coligadas. Depois disso, atuou em emissoras do interior -- Penápolis e Catanduva --, fez algumas incursões pela capital, e foi diretor comercial do jornal Comércio do Jahu, de Jaú. De volta a Lins em 1988, assumiu a gerência da Lins Rádio Clube, na época, de propriedade do Grupo Garavelo. Permaneceu ali até meados de 1995, quando a emissora foi vendida para o Sistema Regional de Rádio. Com a mudança de diretoria e a incompatibilidade de propósitos administrativos e, principalmente, jornalísticos, ele se desligou da emissora e sugeriu a criação de um jornal ao radialista Edson Carlos, então apresentador dos programas jornalísticos da emissora.Edson é natural de Tupã, onde começou a militar na Rádio Tupã, na área esportiva, em 1985. Transferiu-se para a Rádio Clube, da mesma cidade, onde, ao esporte, acrescentou o trabalho em jornalismo. No fim de 1989 foi convidado por Moacyr para integrar a equipe de jornalismo da Lins Rádio Clube e assumir as transmissões esportivas da emissora. Permaneceu na Clube até o começo de 1993, quando saiu por um breve período para trabalhar na assessoria de Imprensa da Prefeitura. De volta à Clube, retomou a atuação jornalística até desligar-se da emissora para assumir o desafio de coordenar a editoria do Debate.Emerson José Secco também é tupãense. Veio para Lins no fim de 1990 e militou na Lins Rádio Clube até maio de 1996, quando deixou a emissora para integrar-se à equipe do Debate. Formado em jornalismo pela Unimar, ele é quem assina as edições.O nome do jornal foi escolhido depois de longas discussões, como uma marca dos propósitos que norteiam sua atuação na comunidade. Por princípio, oDebate defende o pluralismo e o confronto das idéias. Entende que uma sociedade só avança quando consegue dar ouvido aos contrários e respeitar as minorias. Nosso propósito não é apenas dar voz a todos quantos queiram falar, mas fazer o possível para que todos falem.Com a proposta de manter informados os milhares de leitores espalhados pelo mundo, seu site www.jornaldebate.com.br noticia os fatos de Lins e região e, hoje, tem a média de 110.000 acessos/mês. Conheça a nossa equipe.

© Copyright 2018 - Jornal Debate