publicidade

Nacional

Doria fecha equipe de governo com nomeação de Meirelles para a Fazenda

Redação no dia 12 de dezembro de 2018 às 19:43
Atualizada em 12 de dezembro de 2018 às 19:49
Divulgação - Henrique Meirelles comandará a Secretaria da Fazenda

O governador eleito João Doria (PSDB) concluiu a montagem de sua equipe de governo nesta semana com a confirmação de Henrique Meirelles para a Secretaria Estadual da Fazenda. Meirelles foi ministro do governo Temer, presidiu também o Banco Central durante a gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e foi candidato do MDB à Presidência da República neste ano.

Na segunda-feira, Doria havia confirmado o nome dos secretários que ocuparão as pastas de Esportes e Administração Penitenciária.

O coronel Nivaldo Restivo, ex-comandante da Polícia Militar de São Paulo e que atuava até então como chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Segurança Pública, ficará no comando da pasta da Administração Penitenciária. Já o advogado e geógrafo Aildo Rodrigues Ferreira assumirá a pasta dos Esportes. Ferreira foi chefe de gabinete da Secretaria dos Esportes e também atuou no setor privado.

Das 20 secretarias, seis serão comandadas por ex-ministros do presidente Michel Temer. Além de Meirelles na Fazenda, Gilberto Kassab (Casa Civil), Rossieli Soares (Educação), Sérgio Sá Leitão (Cultura), Alexandre Baldy (Transportes Metropolitanos) e Vinicius Lummertz (Turismo) são egressos do governo Temer.

Há, ainda, o Coronel Nyakas (Casa Militar e Defesa Civil); General Campos (Segurança Pública); Marcos Penido (Energia, Saneamento e Recursos Hídricos); Paulo Dimas Mascaretti (Justiça); Célia Leão (Pessoa com Deficiência); Gustavo Diniz Junqueira (Agricultura); José Henrique Germann (Saúde); João Octaviano Machado Neto (Logística e Transporte); Maco Vinholi (Desenvolvimento Regional); Flávio Amary (Habitação); Célia Parnes (Desenvolvimento Social) e Patrícia Ellen da Silva (Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Emprego).

Em secretarias especiais estão Cleber Mata (Comunicação) e Júlio Serson (Relações Internacionais e Invest SP). Em outros cargos da administração estão Lia Porto (Procuradora-Geral do Estado); Filipe Sabará (Presidente do Fundo Social); Bia Doria (Presidente do Conselho do Fundo Social); Wilson Pedroso (Chefe de Gabinete); Benedito Braga (presidente da Sabesp); Patrícia Iglecias (presidente da Cetesb); Jorge Damião (presidente do Memorial da América Latina) e Milton Santos (presidente do Desenvolve SP). Na segurança há quatro nomes, Coronel Álvaro Batista Camilo como Secretário Executivo da Polícia Militar; Coronel Salles no comando geral da Polícia Militar; Yousseff Abou Chahin como Secretário Executivo da Polícia Civil e Ruy Ferraz como delegado geral da Polícia Civil.

 

© Copyright 2019 - Jornal Debate