publicidade

Geral

Prefeitura arranca o piso da praça Manuel Pereira Calças Filho

no dia 16 de julho de 2019 às 11:36
- Vista da praça já sem o piso em concreto e os bancos (foto: Emerson Secco)

Patinho feio em uma área toda remodelada, a praça Manuel Pereira Calças Filho, ao lado da Catedral de Santo Antônio, finalmente começou a ser recuperada. Na quinta-feira passada, a Prefeitura removeu o piso de concreto, que estava rachado e irregular, e removeu os bancos. A iluminação também precisa ser modernizada. O modelo atual é alvo fácil para vândalos e a maior parte do tempo não ilumina nada porque as lâmpadas estão quebradas.

Naquele espaço está a casa Nicolau Zarvos, cuja reforma começou no final de fevereiro. Trata-se de uma importante obra para a preservação do patrimônio histórico do município e que vai dar a devida atenção a um espaço esquecido e abandonado, no entorno da Catedral. 

A reforma da casa Zarvos andou devagar em razão de problemas na fundação e reparos nas rachaduras. Na verdade, a casa estava prestes a desabar.

O prazo para a obra ser concluída já venceu, mas, devido ao surgimento das rachaduras, a empresa ganhou mais um tempo. Pela placa descritiva, a reforma começou no dia 26 de fevereiro e deveria ser concluída em 26 de maio. A Prefeitura contratou a empresa Diatelli Construções e Engenharia por R$ 149.925,14, recursos liberados por meio do convênio firmado entre o município e a Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos) da Secretaria Estadual de Turismo.

O investimento visa preservar as características originais do prédio, tanto que o piso, corrimões de madeira e janelas serão restaurados. A casa vai ganhar uma plataforma de acessibilidade.

© Copyright 2019 - Jornal Debate