publicidade

Geral

Diretora da Vigilância Epidemiológica faz alerta para aumento de casos da Covid-19

no dia 26 de setembro de 2020 às 13:58
- Mariana Batelochi, diretora da Vigilância Epidemiológica de Lins (foto: Reprodução Vídeo)

A diretora da Vigilância Epidemiológica do Município, Mariana Batelochi, manifestou preocupação com o aumento de contaminações pelo novo coronavírus (Covid-19) e postou ontem uma mensagem de alerta à população no sentido de manter os cuidados higiênicos e sanitários (lavar as mãos, usar máscara e evitar aglomerações). Ela alertou para o aumento de casos positivos ocorridos nos últimos dez dias, quase 200, além de 4 mortes.

Mariana já havia alertado para o agravamento da situação alguns dias atrás, demostrando preocupação com o fato de muitas pessoas acreditarem que a classificação de Lins na fase amarela do Plano São Paulo significava que não existe mais transmissão do vírus. “Fase amarela não quer dizer que não está mais havendo transmissão, é só maior flexibilização das atividades. O vírus está ativo no município e precisamos todos tomar os cuidados”, declarou.

Números de ontem: 2.464 confirmados, 2.338 curados, 35 óbitos, 10.253 descartados. Um paciente na UTI, outro na enfermaria e 98 casos ativos.

Média móvel semanal tem mostrado aumento: O Debate publica hoje a evolução da média móvel a partir de nove semanas atrás. Observa-se no início do levantamento números elevados, depois há uma forte queda e nas duas últimas semanas uma nova tendência de aumento.

A semana atual, de 19, sábado (2.356), a 25 de setembro, sexta-feira (2.464), totaliza mais 108 casos com média móvel de 15,4.

Média móvel semanal: 18 (852) a 24 de julho (1277), 425 casos e média de 60; 25 (1.281) a 31 de julho (1.632), 351 casos e média de 50; 1º (1.652) a 7 de agosto (1.827), 175 e média de 25; 8 (1.831) a 14 de agosto (1.920), 93 e média de 13,2; 15 (.1920) a 21 de agosto (1.991), 71 com média de 10; 22 (1.995) a 28 de agosto (2.086), 91 com média de 13; 29 de agosto (2.105) a 4 de setembro (2.180), 75 casos e média de 10; 5 (2.185) a 11 de setembro (2.254), 69 casos e média de 9,8; 12 (2.261) a 18 de setembro (2.350), 89 e média de 12,7; 19 (2.356) a 25 de setembro (2.464), 108 casos e média de 15,4.

© Copyright 2020 - Jornal Debate