publicidade

Geral

Seis candidatos disputarão a Prefeitura de Lins

no dia 15 de setembro de 2020 às 20:34
- Quem for eleito sobe a rampa, na Central Administrativa, no dia 1º de janeiro (foto: Emerson Secco)

Conforme o Debate havia adiantado em sua edição de sábado, as eleições municipais de novembro terão seis candidaturas. Número superior aos dois últimos pleitos. Em 2008 e 2012 foram quatro postulantes ao cargo de prefeito.

Os candidatos disputarão os votos de 58.106 eleitores e poderão gastar R$ 211.929,84 (prefeito e vice) e R$ 12.307,37 por vereador.

Até amanhã, dia 16, ainda é permitido realizar convenções destinadas a deliberar sobre coligações e a escolher candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador.

Dia 26, um sábado, às 19 horas, termina o prazo para os partidos políticos e coligações apresentarem à Justiça Eleitoral o requerimento de registro de seus candidatos.

Convenções realizadas no último fim de semana definiram quatro candidatos em Lins. Na semana passada (ver Debate de sábado) duas chapas já haviam sido confirmadas. Veja como ficou o quadro sucessório na disputa majoritária.

Coligação Lins Em Mãos Limpas (PP e PSD): prefeito João Pandolfi (PP) e vice André Kodjaoglanian (PSD).

Aliança Pela Família (Patriota): prefeito Osvaldir Spadim (Patriota) e vice Real (Patriota).

Compromisso e Respeito Por Você (DEM, PTB, Cidadania, PSL, PV e Republicados): prefeito Rogério Barros (DEM) e vice Marcelo Muniz (DEM).

A Mudança Que Não Pode Parar (PSDB, Podemos, PSB, PSC e P C do B): prefeito Carlinhos Daher (PSDB) e vice José Geraldo Netto Júnior (Podemos).

Alternativa Popular (PT): prefeito Américo Tabian Júnior (PT) e vice Isabel Lúcia Geraldo Ferreira (PT).

Lins Tem Jeito (Solidariedade e MDB): prefeito Neto Danzi (Solidariedade) e vice Dr. Marino (MDB).

 

© Copyright 2020 - Jornal Debate