publicidade

Geral

Prefeitura vai trocar 2 mil lâmpadas comuns por led

no dia 11 de setembro de 2021 às 13:19
Atualizada em 13 de setembro de 2021 às 14:39
- Prefeitura durante entrevista ao jornalista Emerson José Secco, no programa Balanga Beiço, na Rádio Alvorada FM (foto: Rodrigo Simões)

A Prefeitura prepara 2 programas para modernizar a iluminação da cidade com a substituição das lâmpadas comuns por led e expansão nas entradas da cidade, contemplando vários bairros. 

Ontem, o prefeito dr. João Pandolfi concedeu entrevista à Rádio Alvorada, com o jornalista Emerson José Secco, que também é deste jornal. Segundo Pandolfi, inicialmente serão substituídos 2 mil pontos de lâmpadas comuns por lâmpadas led. Nesta primeira ação, o investimento está estimado em R$ 2 milhões.

Para atender avenidas e artérias importantes que fazem a ligação entre bairros, o prefeito tem o estudo pronto. No caso das entradas da cidade, ele esteve no DER quinta-feira e obteve autorização para fazer um estudo, de modo que a iluminação (instalação e manutenção) fique sob a responsabilidade da Prefeitura e a pavimentação seja conservada pelo DER e concessionárias dentro de suas áreas de atuação.

A CPFL continuará fazendo a manutenção das lâmpadas convencionais. “O que a gente trocar é responsabilidade nossa. Vai ter uma empresa para fazer manutenção. As lâmpadas de led duram mais e a economia chega a 50%, até 70%. Hoje, pagamos R$ 220 mil de iluminação pública por mês. Vamos reverter a economia para ajudar a custear o investimento”, comentou.

Os 2 mil pontos que serão trocados representam 20% do parque elétrico de Lins, que tem mais de 10 mil pontos. “Tudo será feito com recurso próprio. Dinheiro de economia. Este ano, nós economizamos R$ 2,197 milhões com folha de pagamento. Vai passar de R$ 3 milhões até o final do ano”, destacou. O prefeito optou por continuar recebendo o salário como delegado da Polícia Civil e o vice, dr. André, da Polícia Federal. Outra economia importante é resultado da opção de não contratar comissionados. “Não vai impactar na conta do contribuinte (a troca das lâmpadas). A Prefeitura é quem paga a iluminação pública. Uma cidade bem iluminada traz bem-estar, segurança e tudo sem impacto no bolso do cidadão”, finalizou.

© Copyright 2021 - Jornal Debate