publicidade

Cilmar Machado

OS FESTIVAIS DE ANTIGAMENTE ...

Cilmar Machado no dia 10 de setembro de 2019 às 09:07
DIVULGAÇÃO

Chega a ser impressionante a capacidade da mente humana em reviver fatos passados. Basta uma ligeira provocação e zás ... reacendem-se lembranças que se acreditava estarem apagadas definitivamente. As nossas recordações, a exemplo dos aparelhos eletrônicos, ficam em estado de espera e prontas para vir à memória. O fragmento de um recorte de jornal antigo, uma velha carta e mesmo o reencontro ainda que virtual de um amigo de infância, são estímulos suficientes para acionarmos o chamado botão da saudade. Foi o que comigo aconteceu dias atrás, quando o Serginho (o escritor e poeta linense Sergio Antunes) enviou-me mensagem pelo Facebook, onde página de jornal ou revista de quase cinco décadas passadas, convidava os leitores a assistirem pela então TV Tupi, o ¨Primeiro Festival Estudantil da Música Popular Brasileira do Noroeste do Estado de São Paulo¨, no qual saiu vencedora a música Ode a Gagarin, da dupla linense Sérgio Antunes e Júlio Caio.

            Não me recordo bem se o fato se deu no finalzinho da década de 60 ou no início da de 70, mas a apresentação dos cantores e compositores de tal Festival não foi levada ao ar pela Tupi, por obra e ordem da censura da ditadura militar, que era ferrenha, implacável e, às vezes, até injustificada. Tivemos que nos contentar apenas com o áudio da suposta exibição que teve como apresentador nada mais, nada menos que o consagrado radialista Aurélio Campos e no júri, dentre outros, Walter Silva, o pica-pau, e o ator Juca de Oliveira. Foi este quem sugeriu aos autores da Ode a Gagarin que substituíssem na letra da música a citação ¨soldado comunista¨ (atribuída a Gagarin), por ¨soldado humanista¨. Naquela época, qualquer coisa que lembrasse a União Soviética e o comunismo fazia de quem os citasse um subversivo, ou seja, um inimigo da Revolução Redentora. Imagine o medo que passei que cassassem a Rádio Alvorada, por mim adquirida e dirigida! Foram momentos de intensa aflição para mim e de frustração para os jovens compositores e amadores que se esmeraram em compor e interpretar suas músicas. Todas, a exceção da ganhadora, foram literalmente defenestradas pelo júri do Festival ...

            Hoje, vivendo na democracia, os jovens não se interessam mais em promover festivais de música popular. Preferem os grandes shows dos cantores sertanejos e internacionais (Rock in Rio e outros). A que se deve tal comportamento? Seria por falta de interesse ou de uma causa maior para por ela lutar? Não sei, só sei que naqueles tempos nossa juventude era bem mais atuante, sonhadora e feliz. Que o digam os que viveram tal época ...

 

cilmarmachado@yahoo.com.br

Notícias: Cilmar Machado
Cilmar Machado no dia 12 de novembro de 2019 às 08:56
Cilmar Machado no dia 05 de novembro de 2019 às 10:00
Cilmar Machado no dia 29 de outubro de 2019 às 08:51
Cilmar Machado no dia 22 de outubro de 2019 às 08:45
Cilmar Machado no dia 08 de outubro de 2019 às 11:35
Cilmar Machado no dia 01 de outubro de 2019 às 09:11
© Copyright 2019 - Jornal Debate