publicidade

Esportes

Linense chega aos 93 anos em nova fase na história de reconstrução

no dia 12 de junho de 2020 às 21:26
- Gilsinho e Bruno Ribeiro marcam Emerson Sheick: CAL derrota o Corinthians campeão do mundo por 2 a 1 no Gilbertão, 2013 (Foto: J. Serafim)

No ano do centenário de Lins, o Clube Altético Linense (CAL) completa 93 anos de fundação. Criado no dia em que é comemorado o Dia dos Namoradores, como em qualquer relação amorosa, nem sempre tudo são flores. Hoje, Linense e torcida vivem uma relação estremecida e precisam se reaproximar. Ainda dói no coração do torcedor os dois rebaixamentos seguidos. Porém, sem a sua principal razão de existir do seu lado, dificilmente o clube irá se reerguer.

Ao longo de sua história, por duas vezes o Linense frequentou a elite paulista. Na década de 1.950, por cinco anos (nas temporadas de 1953 até 1957), e mais recente, por oito anos, de 2011 a 2018. O segundo acesso veio com o título da A-2, em 2010. Outros feitos marcantes na história são o vice-campeonato da Copa Paulista, em 2007, que lhe proporcionou disputar o Brasileiro C; o título da Copa Paulista, em 2015, que lhe rendeu vaga no Brasileiro D e na Copa do Brasil. Em 2017, a equipe avançou à segunda fase do Paulista, foi eliminado pelo São Paulo e no ano seguinte disputou o Brasileiro D pela segunda vez, ficando a um empate de subir para o Brasileiro C. A fase na elite passou. Em 2018, veio o rebaixamento no Paulista e no ano seguinte a queda para a série A-3.

No dia 24 de abril, o Linense comemorou dez anos do acesso à elite do Paulista – nessa data venceu o União Agrícola por 2 a 1, em Santa Bárbara d’ Oeste, e conquistou o título antecipado. No último jogo, com o Gilbertão lotado, empatou por 3 a 3 com o São Bernardo, mas o título e o acesso já estavam garantidos.

Infraestrutura respeitável

Na fase de ascensão, que começou em 2006, o Linense tornou-se mais do que um time de futebol com onze camisas. Além do estádio Gilberto Siqueira Lopes, que vem recebendo importantes investimentos da Prefeitura nos últimos anos, como novos vestiários, cabines e camarotes, gramado moderno e a construção da moderna arquibancada, iniciada no final de maio depois de loga espera, o Linense tem um dos melhores Centros de Treinamento  do interior, considerando clubes do seu porte, com dois campos para treinos, ginásio com piso de grama sintética, academia, sala de fisioterapia e vestiários. O CT Rubens Câmara dispõe, ainda, de refeitório e alojamento para atletas.

© Copyright 2020 - Jornal Debate